Nosso portal tem o objetivo de facilitar sua vida financeira.

Posts Recentes

como calcular juros de empréstimo

Aprenda como calcular juros de empréstimo aqui!

Calcular juros de empréstimo é uma tarefa básica de se fazer, mas muitos ainda têm dúvidas sobre a maneira correta de como realizá-lo. É muito simples descobrir, por meio desse cálculo, o retorno de um investimento ou o peso dos juros compostos em um crédito.

E, mesmo que seja uma tarefa simples, ainda é muito importante compreender como calcular juros de empréstimo. Isso porque, dessa maneira, torna-se fácil realizar a aplicação desse conhecimento em sua vida financeira. 

como calcular juros de empréstimo

Empréstimo consignado: entenda quem pode contratar e quais são os juros no MEU PORTAL FINANCEIRO

Em quais situações os juros são aplicados?

De maneira geral, os juros são determinados de acordo com a quantidade de dinheiro que será pago e o prazo de pagamento para quitar uma determinada dívida. Quando ele é imposto na prática, eles funcionam para compensar o tempo em que o dinheiro ficou emprestado ou investido. 

Os juros são aplicados quando ocorre o empréstimo de crédito, assim como investimentos ou compras realizadas para pagamento a prazo. Nesse momento, é importante conhecer quais podem ser cobrados e como calcular juros de empréstimo. 

Eles funcionam como uma maneira para compensar o empréstimo que foi realizado, assim como o tempo em que o devedor tem para quitar a dívida em questão. O risco da operação também é levado em consideração no momento de calcular juros de empréstimo. 

Quais são os tipos de juros e como calcular juros de empréstimo?

Existem dois tipos de juros que são cobrados em empréstimos, são eles:

Juros Simples

Se você realizou o empréstimo de R $1.000 e terá que pagar 8% de juros mensalmente, para realizar o cálculo, siga a seguinte fórmula:

1000 X 0,08 = 80

Através desse cálculo é possível compreender que você terá que devolver uma parte de seu empréstimo, ou seja, R $1.000, com o acréscimo de R $80. 

Caso você tenha optado realizar o pagamento em cinco vezes, o seguinte cálculo deve ser feito:

80 X 5 = 400

Sendo assim, você terá de pagar R $400 de juros para quitar o seu empréstimo. 

Juros Compostos

Como o próprio nome sugere, os juros compostos são bem mais complicados do que os simples. 

De maneira geral, eles são cobrados em cima do valor inicial do empréstimo, assim como o valor dos juros que serão cobrados nas parcelas. Justamente por esse motivo, ele também é chamado de “juros sobre juros”.

E, para que você consiga calcular juros de empréstimo, leve em consideração a seguinte situação: R $1.000 com 5% de juros.

  • Primeira Parcela

1000 x 0,05 = R $50

Nesse caso, o total a ser pago será de R $1.050.

  • Segunda Parcela

1000 X 50 (juros cobrados na primeira parcela) = R $1.050

+

1000 X 0,050 = 52,50 (juros cobrados na segunda parcela)

Nesse caso, o total a ser pago será de R $1.102,50.

  • Terceira Parcela

1000 + 52,50 = R $1.052,50

+

1052,50 X 0,050 = 52,625

Nesse caso, o total a ser pago será de R $1.105,125

É importante ressaltar que, na maioria das situações, os empréstimos que são realizados nas instituições financeiras são os juros compostos. 

como calcular juros de empréstimo

Quais são os tipos de crédito com parcelas de juros altas e baixas?

No mercado, é muito comum que as pessoas encontrem diferentes formas para solicitar um empréstimo. E, como se tratam de empréstimos diferentes, as taxas que são cobradas nos juros também variam. 

Confira quais são os principais meios de empréstimo que existem e como os valores dos juros são cobrados: 

  • Crédito Consignado: No mercado, esse tipo de empréstimo é o que conta com as menores taxas de juros. E, de maneira geral, o pagamento é realizado através do desconto da própria folha de pagamento dos beneficiários. 
  • Refinanciar Imóvel: Nessa modalidade de empréstimo, o proprietário oferece o seu imóvel como forma de pagamento de suas dívidas. Então, se o pagamento não for realizado, as instituições financeiras que realizaram o empréstimo podem reter o seu imóvel. Vale ressaltar que, nesse caso, as taxas dos juros são mais baixas que as do consignado. 
  • Antecipação do 13° Salário: Além de correr o risco de não conseguir realizar o pagamento de suas dívidas, essa modalidade de crédito pode não ser a melhor escolha. Isso porque, as pessoas estão antecipando o pagamento de um salário que cairia no fim do ano, um período que costuma ter gastos altos. 

Agora que você conhece todas as formas de crédito, torna-se mais fácil escolher uma e calcular juros de empréstimo. Principalmente se você precisa realizar algo importante no momento e não tem o dinheiro necessário para realizá-lo. 

Um dos principais conselhos dos especialistas é: não financie um empréstimo em seu cartão de crédito. Isso porque, quando você estoura o limite de seu orçamento, significa que os valores dos juros serão superiores a 200%. 

Se possível, ofereça garantia quando solicitar um empréstimo. Isso faz com que os juros sejam mais baixos. 

PARA VOCÊ

Mais Lidos

Renegociação de dívidas: como sair do vermelho
Renegociação de dívidas: como sair do vermelho@meuportalfinanceiro
Read More
Quando se tem uma vida financeira ativa, principalmente na crise, em algum momento contrai dívidas. Porém, nem todo mundo sabe a melhor forma de lidar com elas, gerando uma série de problemas.